sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Coração de hoje



(...) E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão 
Esse comboio de corda
Que se chama coração

Fernando Pessoa, Autopsicografia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário