quarta-feira, 8 de abril de 2015

Ciclos

Praia de Cacha Pregos - Ilha de Itaparica - Bahia - Brasil
Foto: Liz Midlej

É preciso respeitar o tempo das coisas. 
Antecipar ou retardar o movimento delas implica a quebra do pacto silencioso que a natureza faz conosco e as consequentes mudanças que, invariavelmente, desfavorecem o ciclo da vida.

O tempo me puxa pelo braço, incisivo como uma lei. 
Submissa, faço-lhe reverência, pois só ele sabe o caminho, só ele detém o poder de transformar o impossível em possível e mostrar a verdade de todas as coisas. A ele obedeço, pois é o senhor do meu destino e o verdadeiro autor da história que escrevo. 


Aíla Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário