quinta-feira, 12 de março de 2015

Devia ser proibido


Devia ser proibido
uma saudade tão má de uma pessoa tão boa
falar, gritar, reclamar
se a nossa voz não ecoa dizer não vou mais voltar
sumir pelo mundo afora
alguém com tudo pra dar
tirar o seu corpo fora
devia ser proibido estar do lado de cá
enquanto a lembrança voa
reviver, ter que lembrar e calar por mais que doa
chorar, não mais respirar (ar)
dizer adeus, ir embora
você partir e ficar pra outra vida, outra hora
devia ser proibido...

Alice Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário