segunda-feira, 9 de março de 2015

A diluição da ética


Entrevista com Leandro Karnal, historiador brasileiro, atualmente professor da UNICAMP na área de História da América, acerca da "diluição da ética" que leva pessoas a reclamarem da corrupção dos outros, do governo e a praticar no dia a dia.:

"A corrupção, como diria o Barão de Itararé, é a negociata, o bom negócio para o qual não me convidaram. Ou seja, eu sou absolutamente ético e probo quando se trata de atacar o negócio que não me favorece e quando me favorece, é um jeito é uma maneira, é o meu jeitinho clássico.


[...] Existe hoje uma vontade de um país diferente deste. Mas a mudança tem que começar na escola com a não-conivência com a fraude escolar. Ela tem que atingir o governo, tem que atingir as famílias de pais que ensinam aos filhos técnicas pouco usuais, ao concordarem que o filho copie um trabalho da internet ou outras coisas. Essa mudança é um processo estrutural e orgânico, que começa na educação das crianças."

Fonte: Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário