sábado, 19 de julho de 2014

Flexibilidade


Sempre tentei encontrar algumas definições para minha vida. 
Como eu sou? O que gosto? Qual meu lugar, qual meu papel? O que devo ser? Como devo me comportar? Será que quero isso pra sempre?

Hoje, chego a conclusão que a vida não tem definição alguma. Ela é tão transitória que qualquer definição seria precipitada. Sei quem eu sou, sei o que faço e sei o que quero, mas não sei até quando.

Confuso isso? Nem tanto. Prefiro ser flexível do que me agarrar a dezenas de verdades inabaláveis. É preciso flexibilidade para viver, conviver e evoluir. É preciso flexibilidade para aprender, aceitar e mudar quando for preciso. É preciso flexibilidade para explorar o mundo e acompanhar seu ritmo.

A vida é assim… todo o buscador tem que enfrentar uma terra desconhecida… a terra de si mesmo. E é preciso flexibilidade pra se descobrir todos os dias.

Stella Verçosa
blog Entrando em Cena

Nenhum comentário:

Postar um comentário