quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Esperar, às vezes, é saber

Em algum lugar de Salvador. Foto: Ariel Brasileiro
A gente, às vezes, se afoba e se abafa desnecessariamente. Os mais lindos bordados da vida são feitos com os fios de delicadeza que respeitam a sabedoria amorosa do tempo do coração.

|Ana Jácomo|

Nenhum comentário:

Postar um comentário