terça-feira, 19 de novembro de 2013

Dia novinho em folha

Amanhecer - Corumbá/MS
Estamos sempre inclinados a separar tudo. Somos crianças mimadas que queremos a batata mas não a salada, queremos o verão, mas não o calor, queremos a conquista, mas não o desgaste pra chegar lá. 

Estamos constantemente percebendo o mundo entre o que gostamos e desejamos e o que não gostamos e rejeitamos. Dividimos em nossas mentes o que sempre foi uma coisa só e depois não sabemos por que vivemos em frustração, tendo que tolerar aspectos das coisas, pessoas e da vida como um todo como fardos que vieram no pacote. 

Se fôssemos capazes de viver em gratidão, agradeceríamos a chuva pela hidratação e pela erosão e ao sol pela sua energia vital e pelo calor que resseca. Ao nos entregarmos ao que é, passamos a compreender e valorizar cada parte do caminho. Percebemos que as cicatrizes são marcas de expressão da alegre aventura de viver e não marcas da dor vivenciada.

Entregue-se aos momentos e verás beleza em toda parte!

Fonte: Bicicletando, facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário