segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Sabedoria


Não se julga uma pessoa inteira pela sua atitude, mas pode-se simplesmente entender e não aceitar. O que agora pode ser aparentemente negativo porque me causa desconforto, serve pra reforçar minha vontade de continuar nutrindo uma nova vida. É muito bom ir ganhando discernimento e aprendendo a lidar com situações insuportáveis com tranquilidade, fazendo o que pode ser feito para não nutrir agressividades, insultos. Quem quer brigar só precisa de combustível e, este vem da reação que se tem quando se age da mesma forma.

Amar quem é agradável é muito fácil, mas o que mostra a dimensão da minha capacidade de sentir amor é suportar, quando quase não é mais possível, uma pessoa desagradável. Não é mais uma questão de merecimento, o foco é eu saber me posicionar e filtrar sem deixar que o descontrole do Outro me atinja.

Minha estrada é outra e meus passos são novos. Se eu não mudar, nunca vou poder dizer que meu processo é de evolução e cura. Me comprometi com o respeito, a delicadeza, a paz. E é isso que vai deitar comigo diariamente quando eu estiver pronta pra dormir o sono dos pretensos justos.

Paciência e compreensão resolvem muita coisa, pelo menos dentro de nós.
E um belo 'Dane-se', 'vezenquando', carrega toda a sabedoria que eu preciso. 

|Marla de Queiroz|

***
Faço minhas as palavras de Marla e ainda digo mais: Adquirir auto disciplina e auto controle para colocar essas ações em prática é que constituem a verdadeira sabedoria e não é tão difícil como se pensa... Tenho feito esse exercício. E apertar o "dane-se" vez em quando, também faz parte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário