quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Esperar


Tem dias que parece que a nossa bola parou de rolar. Ou pior, parece que estamos quase fazendo um gol contra. Muito cuidado nessa hora. É melhor baixar a emoção por um instante, conter o ímpeto de fazer a primeira loucura que passa pela cabeça, e só então decidir e, claro, mandar a bola pra frente, que é para onde ela sempre deve estar indo, em direção ao seu destino.

|Eugênio Mussak|

Nenhum comentário:

Postar um comentário