segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Confiança e Medo na Cidade


Hoje, neste planeta, todos dependemos uns dos outros. No entanto, ninguém assume a responsabilidade, ninguém detém o controle do que chamamos 'espaço global'. Quando se pensa nesse espaço, o que nos vem à mente é algo semelhante a um faroeste hollywoodiano (...).
Carros blindados, condomínios fechados, câmeras de segurança. E a arquitetura das metrópoles tornou-se defensiva, com bairros próprios, grades, muros e uma série de mecanismos que visam o afastamento do outro. O resultado é um espaço urbano que promove a segregação, em vez do encontro de diferenças, a marca das grandes cidades desde sua origem. 

Essa obsessão deriva do desejo, consciente ou não, de recortar para nós mesmos um lugarzinho suficientemente confortável, acolhedor, seguro, num mundo que se mostra selvagem, imprevisível, ameaçador...

Zygmunt Bauman 
Sociólogo polonês, escritor, professor da Universidade de Varsóvia e de Leeds.
Leia trechos do livro "Confiança e Medo na Cidade" aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário