domingo, 1 de setembro de 2013

Caminhar


Vou-me embora
Vou-me embora
Vou buscar a sorte
Caminhos que me levam
Não têm Sul nem Norte
Mas meu andar é firme
E meu anseio é forte
Ou eu encanto a vida
Ou desencanto a morte

Vou-me embora
Vou-me embora
Nada aqui me resta
Senão a dor contida
Num adeus sem festa
Eu vou na ida indo
Que o temor desperta
Cuidar da minha vida
Que a morte é certa...

Paulo Diniz em Vou-me embora
Para ouvir a música completa clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário