terça-feira, 19 de março de 2013

Quabales



STOMP é uma companhia de percussão oriunda de Brighton - Reino Unido, que está há quase duas décadas em cartaz na brodway, em Nova York e que também se utiliza da dança e da dramatização em seus espetáculos. Seus integrantes usam o corpo e objetos comuns como meio de produzir percussão e movimentos para criar performances teatrais físicas percussivas.

Saindo de Nova York e nos reportando ao Brasil, mais precisamente em Salvador - capital do estado da Bahia, existe o bairro Nordeste de Amaralina.

Este bairro comporta 280.000 habitantes  e encontra-se em situação de risco social, devido à alta criminalidade e ao tráfico de drogas, onde não existe quase nenhuma iniciativa que estimule a cultura como objeto transformador. A ausência de políticas públicas transformou gradativamente este local em território de exclusão e invisibilidade social fazendo com que o olhar sobre a comunidade seja relacionado a espaços de violência e não de diversidade cultural.

Desse cenário, surgiu o Marivaldo dos Santos e com ele, o desejo de melhorar o futuro daqueles jovens carentes de quase tudo. Após passar 15 anos morando em Nova York e fazendo parte do STOMP, ele volta a Salvador com a proposta de fazer um projeto sócio-educativo na comunidade do Nordeste de Amaralina. Transmitir conhecimentos adquiridos em anos de experiência dentro e fora do país no intuito de abrir novos caminhos aos jovens da comunidade e afastá-los das drogas. Esse era o seu objetivo.

Assim nasce o QUABALES.  Um projeto sócio-educativo, desenvolvido em parceria com o STOMP, através de oficinas de percussão e expressão corporal e um arrastão percussivo no carnaval, dentro do bairro.


As oficinas são ministradas por percussionistas e dançarinos devidamente capacitados por integrantes e ex-integrantes do STOMP. São utilizados materiais do cotidiano como sacos, colheres, tonéis, latas, baldes, panelas, vassouras e tudo isso se transforma em música e percussão.

O diferencial do projeto não é somente trabalhar o “tocar percussão” propriamente dito. A cultura e a preocupação com o social estão presentes, tendo em vista que a melhoria na perspectivas de vida de um jovem, multiplica e repercute de forma positiva em toda a comunidade, pois ele se torna um agente multiplicador de conhecimento e passa a estar apto a protagonizar ações culturais.

Uma das ações do Quabales é a Campanha Nordeste Limpo, em parceria com a Empresa de limpeza urbana da cidade, onde existem ações de coleta de material reciclável. É dessa coleta que o projeto confecciona grande parte dos seus instrumentos musicais utilizados nas oficinas e no Arrastão Percussivo  - bloco que tem a sua saída ás terças-feira no carnaval  alternativo no bairro.

E é nessa perspectiva que o grupo Stomp resolveu abraçar a parceria com o Quabales que é a primeira ação social do grupo fora dos Estados Unidos.

Quer saber mais? Quabales

Fonte: Facebook

**
Chego cada vez mais à conclusão que, se cada um de nós nos doássemos um pouco mais em benefício de quem necessita, o mundo seria melhor. Eu tento fazer a minha parte. E você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário