sexta-feira, 8 de março de 2013

O filme da minha vida


Em dado momento no caminho da minha vida, me perdi... Percebo que faltou algo que não sei o que é! Passa pela minha cabeça um filme: longo, com cenas maravilhosas e outras que cortaria na versão editada pelo "diretor".

Erros cometidos, ações comandadas pela impulsividade e calor do momento. Tudo isso por ser extremamente emocional. Só coração...

Às vezes sinto que, em determinados momentos, faltou garra, noutros faltou serenidade. Na maioria deles, faltou maturidade. Essa é a graça da vida. Errar, aprender, tentar consertar e perdoar. Ser perdoado é consequência.

Me perdi por pensar somente na velocidade e não na direção que o enredo tomaria. Em outras tantas vezes, não me preocupei com o que o público acharia. Por diversas vezes, achei que só eu veria esse filme da minha vida.

(...) Na refilmagem da minha história, corrigiria o "foco", tentaria mais cenas de ação e romance. Melhoraria a trama e escolheria os melhores amigos para os papéis principais.

E gostaria de, ao final de tudo, rever esse filme e dizer: valeu a pena!

Adaptado de: Mosaico Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário