segunda-feira, 18 de março de 2013

look out


Nossos olhares são um tanto vagos e não desgrudamos um segundo sequer de nossas telas de bolso. Vamos almoçar e não prestamos atenção, estamos em família e não tiramos os olhos de nossos aparelhos. Ficamos sem saber o que fazer e nos sentimos perdidos e despidos quando esquecemos o celular, que se tornou nosso objeto mais pessoal, de agenda a despertador, de diversão a comunicação.


**
Será que somos mesmo prisioneiros dos nossos apps?

Fonte: Gil Giardelli, facebook.
Reportagem original leia aqui no Idéia Fixa

Nenhum comentário:

Postar um comentário