quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Adeus Facebook. Bom dia futuro.


Nos idos de 2009, escrevi um artigo em que afirmava que o Orkut (lembram-se dele?), na época a mais importante rede social, brevemente perderia seu lugar. Orkutianos fanáticos me responderam com delicados insultos, pois consideravam a afirmação um despropósito, uma espécie de campanha negativa. Como sempre faço nestes casos, não respondi, apenas me lembrei mais uma vez, com saudade, do Altavista, do Yahoo!, do Geocities, do Second Life e de tantos outros. 
(...) A hora do adeus do Facebook como rede social dominante está chegando. As razões são várias. Jake Katz, arquiteto chefe do site YPulse, afirma que o Face virou “um apelo de massas para que multidões incluam seus filhos e familiares como amigos, criando uma conversa familiar e não uma rede social. Jake produz então uma frase de efeito, de grande força: há um novo sabor de gratificação pessoal na procura de novas redes, papel que o Face já não pode mais cumprir. Segundo pesquisa de mercado do YPulse, cerca de 18% dos teens americanos preferem “check-in” no Foursquare e 10% dizem que o Pinterest é um site melhor para navegar. São números já hoje importantes, e sua tendência é de crescimento.

Jack London
Fonte: Revista PEGN
Para ler o artigo completo AQUI
***
Detalhe que, há um tempo atrás quando eu dizia que o fim estava próximo, me chamavam de louca...

Nenhum comentário:

Postar um comentário