sábado, 24 de novembro de 2012

Lembranças de avô

Itaquara-Ba, 1994
Meu pai está escrito nos quatros cantos, de cada canto onde morou. Em cada casa, em cada árvore, em cada rua da nossa Itaquara, Ipiaú, Salvador, Jequié. Ele está na pimenta malagueta, na vitamina, no banho de rio, na caridade, na admiração das pessoas que o rodeavam, na feira, no bolo de milho, na carne de lombo da panela de pressão, na cerveja arredia dos finais de semana, no licor de casca de laranja, nas receitas caseiras, nos remédios caseiros, nos carnavais.
No meu pai está a nossa indelével alegria. 
Nele estamos nós.

Canrobert Almeida.

**
Em deferência ao meu avô Wilson Rocha, pessoa mais que especial. Quem o conheceu, sabe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário