quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Four More years.



Um presidente negro, com sobrenome muçulmano, que possui conta no Instagram, que matou Bin Laden, que adora basquete e que apostou boa parte das fichas de sua campanha em mídias digitais. Esse é Barack Hussein Obama, reeleito presidente da nação mais poderosa do planeta.

“Four more years”. A mensagem enviada pelo perfil @BarackObama anunciando a vitória foi a mensagem mais retuitada de todos os tempos. E a imagem que o partido democrata publicou no Facebook foi a mais curtida e compartilhada da história (acima). Isso mostra a potência midiática que Obama é.

Há 4 anos, Obama e o seu partido democrata adotaram em 2008 o discurso do "Change" (Mudança, em inglês) como mote da campanha. Na ocasião, o partido democrata utilizou-se do que havia de mais impactante no que tange estratégias de comunicação de marketing político. Os eleitores foram informados via torpedo SMS que o vice-presidente seria Joe Biden. Em videogames de basquete via-se placas publicitárias de Obama na quadra. Ações de SEO em sites de busca (o chamado "Search Engine Optmization") foi feito, comerciais de 30 segundos, documentários, ações via mídias sociais como YouTube, Twitter, Aplicativos de iPhone, Facebook,e tudo mais que uma ação convencional de marketing de uma marca de sabão em pó, por exemplo, faz para seduzir novos consumidores, e nesse caso, eleitores.

Dessa vez, o mote era outro, se focaram no termo "Forward" (do inglês: adiante, avante, pra frente). (...) O Twitter, em especial, foi muito bem utilizado pelo partido democrata para mobilizar correligionários entre os 50 estados americanos. A quem possa interessar, siga @BarackObama e junte-se aos 22,6 milhões de seguidores.

Marcos Hiller
Fonte: Administradores.com
Texto completo aqui

**
Ressalta-se a inteligência, a força da mídia bem utilizada e o carisma do candidato. Que venham mais quatro anos e que bons ventos o tragam!

Nenhum comentário:

Postar um comentário