quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Dinheiro compra felicidade?


De uns tempos para cá andei pensando e constatei: dinheiro realmente não compra a felicidade.

Ter dinheiro também não atrapalha, vamos ser justos. Quer dizer, você pode ser milionário e muito feliz, assim como você também pode não ter tanta grana e ainda ser a pessoa mais feliz do mundo. 
Tendo o mínimo para viver um dia a dia legal, a felicidade passa a depender única e exclusivamente da maneira como você encara a vida. E como ela te encara de volta.

Ando pensando nisso porque ultimamente tive uma série de exemplos de coisas que não custam muito, mas que dão um prazer excepcional. Ontem minha filha me disse coisas maravilhosas. Isso não custou nada. Aliás, todas as manifestações de amor são 100% gratuitas…
Outra noite me encontrei com amigos para tocar violão e bater papo. Gastamos um pouquinho com a cerveja, mas foi uma das noites mais agradáveis dos últimos tempos.

Assistir a uma obra-prima do cinema ou ouvir canções maravilhosas custa muito pouco pelo prazer que pode proporcionar. Quem tem a chance de morar perto da praia pode desfrutar de outra maravilha totalmente gratuita: não há nada mais democrático do que um banho de mar.

Um pôr-do-sol, custa quanto? A felicidade do seu cachorro quando você o leva para passear, custa quanto? E a endorfina proporcionada por uma corrida no Ibirapuera, custa quanto? Um beijo gostoso? Sexo com quem a gente ama? Dormir abraçado logo depois? Não consigo pensar em melhores exemplos de que é possível atingir a felicidade sem pagar nada.

Claro que dinheiro pode melhorar ainda mais o que já é bom. Transar em um hotel cinco estrelas em Paris e depois passear de iate em St. Tropez não vai deixar você necessariamente deprimido. Mas o importante nesse exemplo é a pessoa que estará ao seu lado, não o luxo adquirido por si só.

Quem deseja uma Ferrari pode realizar o sonho com dinheiro no bolso, mas a felicidade só virá se a Ferrrari representar uma conquista. Conquistas trazem felicidade; somente dinheiro, não. Em qualquer área: conquistar o amor da sua vida, conquistar o respeito da sua família e dos seus amigos… Tudo isso o dinheiro não compra.

No fim a felicidade é isso, uma coleção de pequenos momentos felizes e que o dinheiro não pode comprar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário