quinta-feira, 19 de julho de 2012

Julgar não define.

"Julgar pessoas não define quem eles são... Define quem você é"

(...) Nem tudo que é bonito aparenta
Nem tudo que é infalível se aguenta
Nem tudo que ilude, mente
Nem tudo que é gostoso, tá quente
Nem tudo que se encaixa é pra sempre

(...) Nem tudo que se diz, tá dito
Nem tudo que não é você, é esquisito
Nem tudo que acaba aqui, deixa de ser infinito.

(Edu Tedeschi / Zélia Duncan)

Nenhum comentário:

Postar um comentário