domingo, 13 de maio de 2012

Um par de asas



Depois de muito tempo você percebe o que é importante pra você. O que faz você ser importante. E coloca tudo na balança. As festas que você foi que não tinham nada a ver com você. Mas você ia. Os carnavais que nunca gostou, mas você pulava. Os beijos sem nomes e telefones errados. Os caras errados que você pensava que eram os certos. Isso não tem rótulo. Pessoa certa e pessoa errada. O moço certo não tem rótulo. Ele simplesmente te quer. E aprendi, quero alguém que me queira.

(Vanessa Leonardi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário