sexta-feira, 25 de maio de 2012

Hora de saudade


Saudade não tem dia nem hora pra aparecer – é como uma presença invisível que vive rondando. Mas quando se aproxima o mês de junho, essa saudade faz questão de ficar por perto o tempo todo, preenchendo cada instante com a falta que vocês me fazem..

Nenhum comentário:

Postar um comentário