terça-feira, 10 de abril de 2012

Vida que gira




A vida é feita de ciclos, de altos e baixos - é que nem uma roda gigante:
Não há cadeirinha que fique o tempo todo no topo, nem aquela que vai ficar o tempo todo bem embaixo.
A possibilidade de ficar no equilíbrio das laterais é duas vezes maior!!
Quando tudo está muito lá embaixo lembro que vai passar e vou subir.
Quando estou nas laterais admiro a bela paisagem, mas já sabendo que em breve não estarei mais ali, portanto nada de acomodação.
E quando estou no topo preciso ter a humildade de me lembrar de Deus, agradecer tudo de bom, mas com toda consciência, pois sei que em breve estarei descendo sendo necessário portanto,  me preparar de novo...
Se fosse para ficar parada não estaria encarnada aqui na terra, não é mesmo?

Cristiana Almeida

Pela segunda vez postando essa brilhante analogia da minha amiga Cris.
Porque nunca deixa de ser um alerta...


Nenhum comentário:

Postar um comentário