segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Com a alma... calma.


Preciso Descansar.
Não ter nada pra pensar.
Nada com que se "pré-ocupar".
Preciso ver o sol e o mar.
De preferência, as águas tranquilas e límpidas da ilha de Cacha pregos.
Preciso Desligar.
A alma pede um pouco mais de calma. Mas a vida não para.
A vida não pede licença, nem tem freio de arrumação, nem espera você respirar.
Simplesmente acontece e languidamente sorri, te convidando a escolhas.
Escolher entre o mal e o bem, entre o certo e o errado, entre o aqui e o agora, entre ir ou vir, partir ou ficar.
Preciso Desacelerar.
Descansar o pensamento,  ler um livro sem se importar com a hora de parar.
Ouvir uma boa música, tomar um vinho. Assistir uma peça de teatro.
Comer, dormir sem ter hora para acordar .

A fugacidade das horas transforma a vida cotidiana num eterno 'rush' onde parar para ver o pôr do sol perde o sentido diante de pilhas de papéis no escritório e metas a alcançar.
O vazio das horas que correm.
Preciso parar.
|Liz Midlej|

Nenhum comentário:

Postar um comentário