sábado, 27 de agosto de 2011


Primeiro que você não ama um corpo. Você ama o cheiro, o piscar de olhos, a maneira de falar, o som do sorriso, a voz. Ama os defeitos e acaba por se acostumar com as qualidades. Você ama o estar perto, a segurança que o outro lhe passa. Ninguém se apaixona só porque gosta dos Beatles ou é um não-fumante. Você ama a alma, a essência, o toque.

Jéssica Barreto

Nenhum comentário:

Postar um comentário