domingo, 14 de agosto de 2011

Do dia dos pais


Passamos 365 dias do ano convivendo com nosso pai e muitas vezes não temos a real dimensão do significado deles na nossa vida. Ou, na correria do dia-a-dia, não paramos para expressar esse significado.

No dia em que se convencionou "o dia dos pais", se é que existe apenas um dia pra eles, me faltam palavras para dimensionar o tamanho do amor que sinto.
Falar do meu pai é se emocionar com as lembranças, com o carinho, com os exemplos, com a presença sempre constante de alguém que nos deu a oportunidade de reencarnar e fez questão de não passar despercebido - abdicou de muita coisa pra deixar sua marca na vida de cada um de nós.

Pai, quero que saiba o quanto privilegiado você é por ter filhos que tanto o amam...
A sua missão nessa vida foi cumprida, deixou em cada um de nós exemplos de grandeza de espírito: De como ser verdadeiro e íntegro nas atitudes, do valor que tem o caráter de uma pessoa, de como valorizar mais o 'ser' que o 'ter', de saber enfrentar as dificuldades da vida com firmeza, paciência e resignação.

O dia dos pais pode ser o dia do comércio, como você mesmo diz, mas vale para que as pessoas parem e  reflitam em como está a relação pai e filho.
O dia é seu, mas o presente é todo meu, porque nascer e crescer com você nessa vida foi o maior presente que Deus pôde me dar.

Te amo!

|Liz Midlej|

Nenhum comentário:

Postar um comentário