sexta-feira, 15 de julho de 2011

                                 Lua cheia na orla em Salvador, 15 de julho de 2011
                                           Foto: Allessandro Canella

Ninguém vai chegar do mar
Nem vai me levar daqui
Nem vai calar minha viola que desconsola,
Chora notas pra ninguém ouvir
Minha voz ficou na espreita, na espera,
Quisera abrir meu peito, cantar feliz
Preparei para você uma lua cheia
E você não veio, e você não quis
Meu violão ficou tão triste, pudera,
Quem dera abrir janelas, fazer serão
Mas você me navegou mares tão diversos
E eu fiquei sem versos, e eu fiquei em vão

(Chico Buarque)

Nenhum comentário:

Postar um comentário