domingo, 12 de junho de 2011

Namorar

É partilhar emoções, gostos, cheiros; olhar o horizonte perdido na linha entre o céu e o mar, e crer que se pode chegar lá.
É dividir pra somar, multiplicando-se. É segurar a mão para atravessar a rua ou para ajudar a suportar uma derrota.
É olhar nos olhos e ver o mundo num caleidoscópio mágico que gira sem parar e nunca perde as cores, nunca apaga a luz.     
É abraçar apertado com vontade de não soltar mais, mas soltar sempre, respeitar as distâncias, os silêncios, dar liberdade sem cobranças e ficar seguro.
Só vale a pena namorar quem nos considera, nos dá tranquilidade e paz interior.
          (Aila Sampaio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário